terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Saudades



Bem é o final de mais um ciclo. E para apresentar o final desse projeto fizemos um pequeno vídeo de um jogo que fizemos junto com essas crianças. E que no final tivemos uma reflexão muito forte do que foi esse nosso encontro, não só do grupo, mas o encontro com a Educação.

Um conceito simples do que é Educação Formal e não Formal, que aprendemos na prática. Quando citamos a Educação não Formal sempre lembramos da que aprendemos diante da vida, nas conversas com amigos, o que aprendemos fora do ambiente escolar. E a Educação Formal é aquela dentro da instituição, ministrada pelo professor. Uma se mistura com a outra em todos os momentos.

Diante desse vídeo podemos avaliar nosso comportamento e principalmente, identificar em alguns momentos esses dois conceitos de Educação.

Foi um momento mágico sim, primeiro vocês mesmo visualizam que só nós fizemos gols, se você prestar atenção no primeiro momento do vídeo, assim rapidinho, são as crianças que fazem o primeiro gol e depois só dá nós.

Reflexão: O trabalho era nosso, porém, não era principalmente para demonstrar essa interação entre professor aluno, fazer com que o professor faça parte desse currículo oculto do aluno? Porque diante de um placar de 12,13 (nem sei direito) a 3 só apresentamos os nossos gols?

No decorrer do jogo ficamos tão extasiadas que fomos brigar com o juiz pois acreditávamos que estávamos sendo injustiçadas diante de um gol feito e não dado.
Em outro momento um dos garotos fala um palavrão e qual a primeira palavra que vem a mente das futuras pedagogas? Expulsa!!!!
É ...foi isso mesmo, até fico envergonhada (agora) de falar mas é a mais pura verdade. Explico algo antes.

Os garotos brincam todos os finais de semana, auxiliados pelo Sr. Rivaldo que contribui com bola e uniforme. E ele tem uma regra, falou palavrão ...fica fora por alguns minutos ...diria uma Educação não Formal, isso é principalmente, como forma de disciplinar.

Reflexão: (essa vai ser grande) Bem diante desse palavrão solto no ar, a Juliana do grupo foi falar com ele , explicando que não ficava legal o palavrão em um momento tão especial. E questionou o porque do palavrão. Bem a criança falou que foi porque o outro o chamou de "Beira-mar" (o bandido) então, nossa companheira explicou que esse "bandido" era muito inteligente porém a usou para o mal. O que mais no chamou a atenção foi que durante todo o nosso percurso acadêmico sempre falamos e discutimos a inclusão, a disciplina sem castigo e no primeiro momento queremos expulsar...
Muitas dessas crianças só teem esse momento de lazer e às vezes tiramos deles esse único prazer.
Percebemos que a todo momento temos que nos puliciar para que a verdadeira essência da palavra Educação possa surgir dos nossos atos. E como foi prazeroso esse aprendizado...olhar o rostinho de cada um quando nos viram uniformizadas , não podemos imaginar o que se passou naquelas cabecinhas...
Apreciem o vídeo....

Um comentário:

Cantinho Aconchegante disse...

Oi meninas! amei este vídeo... Sempre admirei muito vcs! Beijokas
Lidiane